MINHO





INFORMAÇÕES

Região: Minho
País:
Portugal

DESCRIÇÃO


As cores verdes das paisagens entre as regiões do Douro e do Minho, num clima húmido e temperado, fazem com que a moldura das aldeias sejam envoltas na sua exuberante vegetação. Todos os campos e terrenos são cuidadosamente tratados, como é feito, aliás, nos pequenos jardins, demarcados, por vezes,  com o apoio de  terraços,  em todas as faixas  em que estão a ser plantadas as vinhas.


Algo que diferencia a paisagem é a altura em que encontram as vinhas do solo. E isto porque a forte caraterística de humidade da região protege as mesmas de doenças, sendo ainda puxadas até dois metros de altura, por fios  de arame.  Outro motivo para serem então plantadas  a essa altura do solo prende-se com a brisa que se sente constantemente nas fileiras das videiras. E assim se evita também o ataque das geadas.


A DOC (por extenso, «Denominação de Origem Controlada»), região demarcada do Vinho Verde, está localizada no noroeste de Portugal.  A área inclui municípios nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro e Viseu.


No norte de Portugal, o rio Minho marca uma fronteira natural com a Galiza, situada a leste das montanhas, que separa o Atlântico  e o Douro. No meio, está então o Minho. E assim podemos afirmar que é aí que se encontra o coração do Vinho Verde, e o mediterrâneo interior.  No Ocidente, as fronteiras  da região, sobre o Oceano Atlântico, em que os ventos correm pela orientação do vale do Minho.


O forte carácter e a originalidade destes vinhos têm origem na sua forte ligação à terra e ao clima local; por um lado, a qualidade e a variedade das suas uvas; por outro, a natureza da sua cultura.


O vinho tem um teor de açúcar médio e um baixo teor de pH; em contrapartida, é rico em ácido. O Vinho Verde foi, na verdade, um dos primeiros vinhos que foram conhecidos no mercado europeu. 


Foi em 1908 que os padrões foram estipulados e as suas regiões demarcadas. Os regulamentos de denominação permitem apenas que figure « Vinho Verde » nos rótulos dos vinhos que correspondam às exigências, às caraterísticas e à proveniência geográfica em causa, e que respeitem, ainda,  os valores exigidos. Assim, temos uma subdivisão natural entre as castas e as  regiões.


O Alvarinho será, provavelmente, o vinho verde mais conhecido. É cultivado em Monção, junto à fronteira com a Galiza. A uva tem uma pele espessa e tem muitas pevides; apesar do seu alto valor e da qualidade do seu néctar, a uva em si produz pouco vinho, o que faz com que o seu preço seja mais elevado. O Alvarinho tem um teor mais elevado de álcool, muito frutado, mais vinho, e com um sabor mais vincado. A sua duração é também mais  longa do que a média dos outros vinhos. O vinho está pronto a ser consumido, um a dois anos após a sua colheita.


Entre os vinhos verdes, no seu buquê, são os citrinos e a hortelã os sabores dominantes e que sobressaem sempre. Entre estes dois, temos ainda a fragância da maçã. O corpo que define o ácido forte tem no cítrico e na toranja sabores principais. Marca, ainda,  uma forte presença na boca, com a sua frescura e com a intensidade dos seus sabores.


O vinho apresentado, depois de ser armazenado por um longo período,  em safras selecionadas, alcançou resultados surpreendentes, como já se provou em diversas degustações de vinhos verdes com mais de dez anos. Assim, com o seu sabor forte, nestes vinhos mais verdes, mais maduros, sobressaem também sabores como o mel e cogumelos. Como o sabor dos cítricos é complexo, eloquente e com reserva.


A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) é uma organização internacional profissional que representa os interesses de todos os produtores e e o comércio do Vinho Verde. Também defende  o património regional e nacional da demarcação DOC.

PRODUTORES

Quinta de Alderiz


CASTAS

Castas brancas

Amarante: Arinto, Avesso, Azal, Trajadura
Ave: Arinto, Loureiro, Trajadura
Baião: Arinto, Avesso, Azal
Basto: Arinto, Azal, Batoca, Trajadura
Cávado: Arinto, Loureiro, Trajadura
Lima: Arinto, Loureiro, Trajadura
Monção: Alvarinho, Loureiro, Trajadura
Paiva: Arinto, Avesso, Loureiro, Trajadura
Sousa: Arinto, Avesso, Azal, Loureiro, Trajadura 

Sobre

A Gomes Weine importa vinhos de Portugal, Espanha e França e conta com mais de 30 anos de experiência na sua comercialização. Os vinhos Gomes Weine destacam-se pela sua grande qualidade sendo provenientes dos melhores produtores e elaborados pelos grandes enólogos.

Tel:
++41 61 303 04 50
Fax: 
++41 61 303 04 54

   
E-mail
gomesweine@gomes-weine.ch
   
Horário de abertura
2ª feira a 6ª feira: 09:00 - 12:00 e 14.00 – 18.30
Sábado: 10.00 – 16.00
Restantes horários por acordo